quinta-feira, 26 de junho de 2008

Kefa Alaf (1 Pedro) em Aramaico/Português

Kefa Alaf (1 Pedro)
Traduzida do Aramaico por Sha’ul Bentsion

Capítulo 1
1:1 - ܦܸ݁ܛܪܘܿܣ ܫܠܝܼܚܵܐ ܕ݁ܝܼܫܘܿܥ ܡܫܝܼܚܵܐ ܠܲܓ݂ܒ݂ܲܝܵܐ ܘܬ݂ܲܘܬ݁ܵܒ݂ܹܐ ܕ݁ܲܙܪܝܼܥܝܼܢ ܒ݁ܦ݁ܵܢܛܘܿܣ ܘܲܒ݂ܓ݂ܲܠܲܛܝܼܲܐ ܘܲܒ݂ܩܲܦ݁ܘܿܕ݂ܩܝܼܲܐ ܘܒ݂ܲܐܣܝܼܲܐ ܘܲܒ݂ܒ݂ܝܼܬ݂ܘܿܢܝܼܲܐ
1. De Kefa, emissário de Yeshua HaMashiach, para os escolhidos e peregrinos questão espalhados1 em Pontos, na Galutyah2, na Capadócia, na Ásia, e na Bitúnia,

1:2 - ܐܲܝܠܹܝܢ ܕܸ݁ܐܬ݂ܓ݁ܒ݂ܝܼܘ ܒ݁ܲܡܩܲܕ݁ܡܘܿܬ݂ ܝܼܕ݂ܲܥܬ݂ܹܗ ܕ݁ܲܐܠܵܗܵܐ ܐܲܒ݂ܵܐ ܒ݁ܩܲܕ݁ܝܼܫܘܿܬ݂ܵܐ ܕ݁ܪܘܿܚܵܐ ܕ݁ܢܹܗܘܘܿܢ ܠܡܲܫܡܲܥܬ݂ܵܐ ܘܠܲܪܣܵܣ ܕ݁ܡܹܗ ܕ݁ܝܼܫܘܿܥ ܡܫܝܼܚܵܐ ܛܲܝܒ݁ܘܿܬ݂ܵܐ ܘܲܫܠܵܡܵܐ ܢܸܣܓܹ݁ܐ ܠܘܵܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܀
2. os quais foram escolhidos3 segundo o conhecimento prévio de Elohim. o Pai, para aobediência através da kedushá da Ruach, e para a graça através da aspersão do sanguede Yeshua HaMashiach, e para que o shalom se multiplique em vós.

1:3 - ܡܒ݂ܲܪܲܟ݂ ܗ݈ܘܿ ܐܲܠܵܗܵܐ ܐܲܒ݂ܘܿܗ݈ܝ ܕ݁ܡܵܪܲܢ ܝܼܫܘܿܥ ܡܫܝܼܚܵܐ ܗܲܘ ܕ݁ܒ݂ܲܚܢܵܢܹܗ ܣܲܓ݁ܝܼܵܐܐ ܐܲܘܠܕ݂ܲܢ ܡܸܢ ܕ݁ܪܝܼܫ ܒ݁ܲܩܝܵܡܬܹ݁ܗ ܕ݁ܝܼܫܘܿܥ ܡܫܝܼܚܵܐ ܠܣܲܒ݂ܪܵܐ ܕ݁ܚܲܝܹܐ ܀
3. Bendito seja Elohim, Pai de nosso Adon Yeshua HaMashiach, o qual por Suaabundante misericórdia, nos gerou como primícia4 através da ressurreição de YeshuaHaMashiach, para a esperança da vida,

1:4 - ܘܲܠܝܵܪܬ݁ܘܿܬ݂ܵܐ ܕ݁ܠܵܐ ܡܸܬ݂ܚܲܒ݁ܠܵܐ ܘܠܵܐ ܡܸܬ݁ܛܲܢܦ݂ܵܐ ܘܠܵܐ ܚܵܡܝܵܐ ܗܵܝ ܕ݁ܲܡܛܲܝܒ݂ܵܐ ܠܟ݂ܘܿܢ ܒ݁ܲܫܡܲܝܵܐ ܀
4. e para uma herança incorruptível5, improfanável e imperecível6, a qual vos épreparada nos céus,

1:5 - ܟ݁ܲܕ݂ ܢܛܝܼܪܝܼܢ ܐܢ݈ܬ݁ܘܿܢ ܒ݁ܚܲܝܠܵܐ ܕ݁ܲܐܠܵܗܵܐ ܘܲܒ݂ܗܲܝܡܵܢܘܿܬ݂ܵܐ ܠܚܲܝܹܐ ܕ݁ܲܡܛܲܝܒ݂ܝܼܢ ܕ݁ܢܸܬ݂ܓ݁ܠܘܿܢ ܠܙܲܒ݂ܢܹܐ ܐ݈ܚܪܵܝܹܐ ܀
5. enquanto sois guardados, pelo poder de Elohim e pela fé, para as vidas7 que estãoprontas a serem reveladas nos últimos tempos.

1:6 - ܕ݁ܲܒ݂ܗܘܿܢ ܬܸ݁ܚܕ݁ܘܿܢ ܠܥܵܠܲܡ ܐܵܦ݂ܸܢ ܒ݁ܗܵܢܵܐ ܙܲܒ݂ܢܵܐ ܩܲܠܝܼܠ ܡܸܬ݁ܬ݁ܥܝܼܩܝܼܢ ܐܢ݈ܬ݁ܘܿܢ ܒ݁ܢܸܣܝܘܿܢܹܐ ܡܫܲܚܠܦ݂ܹܐ ܕ݁ܥܵܕ݂ܹܝܢ ܥܠܲܝܟ݁ܘܿܢ ܀
6. nas quais vós vos alegrareis eternamente8, mesmo que agora9 estejais um poucoentristecidos10 por causa das diversas tribulações que vieram sobre vós,

1:7 - ܐܲܝܟ݁ܲܢܵܐ ܕ݁ܒ݂ܘܿܚܪܵܢܵܐ ܕ݁ܗܲܝܡܵܢܘܿܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܢܸܬ݂ܚܙܹܐ ܕ݁ܲܡܝܲܬ݁ܲܪ ܡܸܢ ܕ݁ܲܗܒ݂ܵܐ ܣܢܝܼܢܵܐ ܕܸ݁ܐܬ݂ܒ݁ܩܝܼ ܒ݁ܢܘܿܪܵܐ ܠܬ݂ܸܫܒ݁ܘܿܚܬ݁ܵܐ ܘܠܐܝܼܩܵܪܵܐ ܘܲܠܩܘܿܠܵܣܵܐ ܒ݁ܓ݂ܸܠܝܵܢܹܗ ܕ݁ܝܼܫܘܿܥ ܡܫܝܼܚܵܐ ܀
7. de modo que a prova da vossa fé seja considerada mais preciosa do que o ouro11 puro, que é provado no fogo, para glória e majestade e louvor, no aparecimento12 deYeshua HaMashiach,

1:8 - ܗܲܘ ܕ݁ܠܵܐ ܚܙܲܝܬ݁ܘܿܢܵܝܗ݈ܝ ܘܡܲܚܒ݂ܝܼܢ ܐܢ݈ܬ݁ܘܿܢ ܠܹܗ ܘܲܒ݂ܗܲܝܡܵܢܘܿܬ݂ܹܗ ܪܘܿܙܝܼܢ ܐܢ݈ܬ݁ܘܿܢ ܒ݁ܚܲܕ݂ܘܿܬ݂ܵܐ ܡܫܲܒ݁ܲܚܬ݁ܵܐ ܕ݁ܠܵܐ ܡܸܬ݂ܡܲܠܠܵܐ ܀
8. a Quem amais, mesmo não tendo visto. E, pela fé nEle, vós vos alegrais com júbilo
excelente e indescritível13,

1:9 - ܕ݁ܲܬ݂ܩܲܒ݁ܠܘܿܢ ܦ݁ܘܿܪܥܵܢܵܐ ܕ݁ܗܲܝܡܵܢܘܿܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܚܲܝܹܐ ܕ݁ܢܲܦ݂ܫܵܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܀
9. de modo que, como recompensa de vossa fé, recebereis vida para vossas almas.

1:10 - ܗܵܢܘܿܢ ܚܲܝܹܐ ܕ݁ܥܲܩܸܒ݂ܘ ܗ݈ܘܲܘ ܥܠܲܝܗܘܿܢ ܢܒ݂ܝܼܹܐ ܟ݁ܲܕ݂ ܐܸܬ݂ܢܲܒ݁ܝܼܘ ܥܲܠ ܛܲܝܒ݁ܘܿܬ݂ܵܐ ܕ݁ܲܥܬ݂ܝܼܕ݂ܵܐ ܗܘܵܬ݂ ܕ݁ܬ݂ܸܬ݂ܝܼܗܸܒ݂ ܠܟ݂ܘܿܢ ܀
10. Ele é a Vida que os profetas examinaram14, quando profetizaram acerca da graça
que estava preparada para vos ser concedida.

1:11 - ܘܲܒ݂ܨܲܘ ܕ݁ܒ݂ܲܐܝܢܵܐ ܙܲܒ݂ܢܵܐ ܡܚܲܘܝܵܐ ܘܡܲܣܗܕ݂ܵܐ ܪܘܿܚܹܗ ܕ݁ܲܡܫܝܼܚܵܐ ܕ݁ܥܵܡܪܵܐ ܒ݁ܗܘܿܢ ܕ݁ܲܥܬ݂ܝܼܕ݂ܝܼܢ ܚܲܫܲܘܗ݈ܝ ܕ݁ܲܡܫܝܼܚܵܐ ܘܬ݂ܸܫܒ݁ܘܿܚܬܹ݁ܗ ܕ݁ܡܸܢ ܒ݁ܵܬ݂ܲܪܟܸ݁ܢ ܀
11. Através da revelação e do testemunho da Ruach do Mashiach, que neles habitava,
[os profetas] examinaram o tempo preparado para o sofrimento do Mashiach, e a Sua
glória posterior.

1:12 - ܘܸܐܬ݂ܓ݁ܠܝܼ ܠܗܘܿܢ ܟܼ݁ܠ ܕ݁ܒ݂ܵܨܹܝܢ ܗ݈ܘܲܘ ܡܸܛܼܠ ܕ݁ܠܲܘ ܠܢܲܦ݂ܫܗܘܿܢ ܒ݁ܵܥܹܝܢ ܗ݈ܘܲܘ ܐܸܠܵܐ ܠܲܢ ܕ݁ܝܼܠܲܢ ܡܸܬ݂ܢܲܒܹ݁ܝܢ ܗ݈ܘܲܘ ܐܲܝܠܹܝܢ ܕ݁ܗܵܫܵܐ ܐܸܬ݂ܓ݁ܠܝܼ ܠܟ݂ܘܿܢ ܒ݁ܝܲܕ݂ ܐܲܝܠܹܝܢ ܕ݁ܣܲܒ݁ܲܪܢܵܟ݂ܘܿܢ ܒ݁ܪܘܿܚܵܐ ܕ݁ܩܘܿܕ݂ܫܵܐ ܕܸ݁ܐܫܬ݁ܲܕ݁ܲܪ ܡܸܢ ܫܡܲܝܵܐ ܕ݁ܲܒ݂ܗܹܝܢ ܒ݁ܗܵܠܹܝܢ ܡܸܬ݂ܪܲܓ݂ܪܓ݂ܝܼܢ ܐܵܦ݂ ܡܲܠܲܐܟ݂ܹܐ ܕ݁ܲܢܕ݂ܲܝܩܘܿܢ ܀
12. E tudo o que examinaram lhes foi revelado, porque não buscaram para suas
próprias almas15, mas nos profetizaram sobre essas coisas, que agora são reveladas
através de nós16, que vos anunciamos, através da Ruach HaKodesh, Aquele que foi
enviado dos céus. Até mesmo os anjos desejavam ver o cumprimento delas!

1:13 - ܡܸܛܼܠ ܗܵܢܵܐ ܚܙܘܿܩܘ ܚܲܨܹܐ ܕ݁ܬ݂ܲܪܥܝܵܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܘܸܐܬ݁ܬ݁ܥܝܼܪܘ ܓ݁ܡܝܼܪܵܐܝܼܬ݂ ܘܣܲܒ݁ܲܪܘ ܥܲܠ ܚܲܕ݂ܘܿܬ݂ܵܐ ܕ݁ܵܐܬ݂ܝܵܐ ܠܟ݂ܘܿܢ ܒ݁ܓ݂ܸܠܝܵܢܹܗ ܕ݁ܡܵܪܲܢ ܝܼܫܘܿܥ ܡܫܝܼܚܵܐ ܀
13. Por isso, estejais firmes em vossas mentes17 e plenamente atentos, confiando na
alegria que nos virá no aparecimento18 de nosso Adon Yeshua HaMashiach.

1:14 - ܐܲܝܟ݂ ܒ݁ܢܲܝܵܐ ܡܸܫܬ݁ܲܡܥܵܢܹܐ ܘܠܵܐ ܬܸ݁ܫܬ݁ܲܘܬ݁ܦ݂ܘܿܢ ܬ݁ܘܿܒ݂ ܠܲܪܓ݂ܝܼܓ݂ܵܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܩܲܕ݂ܡܵܝܵܬ݂ܵܐ ܐܲܝܠܹܝܢ ܕ݁ܪܵܓ݁ܝܼܢ ܗܘܲܝܬ݁ܘܿܢ ܕ݁ܠܵܐ ܒ݁ܝܼܕ݂ܲܥܬ݂ܵܐ ܀
14. Como filhos obedientes, não participeis novamente nos desejos carnais que
anteriormente desejáveis, quando não tínheis conhecimento.

1:15 - ܐܸܠܵܐ ܗܘܲܘ ܩܲܕ݁ܝܼܫܝܼܢ ܒ݁ܟ݂ܼܠܗܘܿܢ ܗܘܿܦ݁ܵܟ݂ܲܝܟ݁ܘܿܢ ܐܲܝܟ݂ ܕ݁ܩܲܕ݁ܝܼܫ ܗܲܘ ܡܲܢ ܕ݁ܲܩܪܵܟ݂ܘܿܢ ܀
15. Mas sede k’doshim em todos os vossos caminhos, assim como Aquele que vos
chamou é kadosh,

1:16 - ܡܸܛܼܠ ܕ݁ܲܟ݂ܬ݂ܝܼܒ݂ ܕ݁ܲܗܘܲܝܬ݁ܘܿܢ ܩܲܕ݁ܝܼܫܝܼܢ ܐܲܝܟ݁ܲܢܵܐ ܕ݁ܵܐܦ݂ ܐܸܢܵܐ ܩܲܕ݁ܝܼܫ ܐ݈ܢܵܐ ܀
16. Porque está escrito: Sede k’doshim, porque Eu sou kadosh.

1:17 - ܘܸܐܢ ܗܘܿ ܕ݁ܲܐܒ݂ܵܐ ܩܵܪܹܝܢ ܐܢ݈ܬ݁ܘܿܢ ܗܲܘ ܕ݁ܠܲܝܬ݁ ܩܕ݂ܵܡܲܘܗ݈ܝ ܡܲܣܲܒ݂ ܒ݁ܲܐܦܹ݁ܐ ܘܕ݂ܵܐܸܢ ܠܟ݂ܼܠܢܵܫ ܐܲܝܟ݂ ܥܒ݂ܵܕ݂ܲܘܗ݈ܝ ܒ݁ܕ݂ܸܚܠܬ݂ܵܐ ܐܸܬ݁ܕ݁ܲܒ݁ܲܪܘ ܒ݁ܙܲܒ݂ܢܵܐ ܗܵܢܵܐ ܕ݁ܬ݂ܲܘܬ݁ܵܒ݂ܘܿܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܀
17. E se invocardes o Pai, perante Quem não há hipocrisia19 e que julga a cada um
conforme as suas obras, em temor, acabará o tempo da vossa peregrinação20!

1:18 - ܟ݁ܲܕ݂ ܝܵܕ݂ܥܝܼܢ ܐܢ݈ܬ݁ܘܿܢ ܕ݁ܠܵܐ ܒ݁ܟ݂ܸܣܦ݁ܵܐ ܕ݁ܒ݂ܵܠܹܐ ܘܠܵܐ ܒ݁ܕ݂ܲܗܒ݂ܵܐ ܐܸܬ݂ܦ݁ܪܸܩܬ݁ܘܿܢ ܡܸܢ ܥܒ݂ܵܕ݂ܲܝܟ݁ܘܿܢ ܣܪܝܼܩܹܐ ܗܵܢܘܿܢ ܕ݁ܩܲܒܸ݁ܠܬ݁ܘܿܢ ܡܸܢ ܐܲܒ݂ܵܗܲܝܟ݁ܘܿܢ ܀
18. Então reconhecereis que não foi com a prata, que envelhece, nem com o ouro, que
fostes resgatados das obras vãs que recebestes21 de vossos pais,

1:19 - ܐܸܠܵܐ ܒ݁ܲܕ݂ܡܵܐ ܝܲܩܝܼܪܵܐ ܕܸ݁ܐܡܪܵܐ ܕ݁ܡܘܿܡܵܐ ܘܛܘܿܠܫܵܐ ܠܲܝܬ݁ ܒܹ݁ܗ ܕ݁ܐܝܼܬ݂ܲܘܗ݈ܝ ܡܫܝܼܚܵܐ ܀
19. mas pelo precioso sangue do Cordeiro, sem mácula e sem defeito22, que é o
Mashiach,

1:20 - ܗܲܘ ܕ݁ܲܡܩܲܕ݁ܲܡ ܗ݈ܘܵܐ ܦ݁ܪܝܼܫ ܠܗܵܕ݂ܹܐ ܡܸܢ ܩܕ݂ܵܡ ܬ݁ܲܪܡܝܵܬ݂ܹܗ ܕ݁ܥܵܠܡܵܐ ܘܸܐܬ݂ܓ݁ܠܝܼ ܒ݁ܲܐ݈ܚܪܵܝܬ݁ܗܘܿܢ ܕ݁ܙܲܒ݂ܢܹܐ ܡܸܛܼܠܵܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܀
20. o qual foi desde o princípio separado para isso, desde antes da fundação do
mundo23 e se revelou nestes últimos tempos, em razão de vós,

1:21 - ܐܲܝܠܹܝܢ ܕ݁ܒ݂ܐܝܼܕ݂ܹܗ ܗܲܝܡܸܢܬ݁ܘܿܢ ܒ݁ܲܐܠܵܗܵܐ ܗܲܘ ܕ݁ܲܐܩܝܼܡܹܗ ܡܸܢ ܒܹ݁ܝܬ݂ ܡܝܼܬ݂ܹܐ ܘܝܲܗ݈ܒ݂ ܠܹܗ ܫܘܿܒ݂ܚܵܐ ܕ݁ܗܲܝܡܵܢܘܿܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܘܣܲܒ݂ܪܟ݂ܘܿܢ ܢܹܗܘܹܐ ܥܲܠ ܐܲܠܵܗܵܐ ܀
21. que pela fé na Destra de Elohim24, que O ressuscitou dentre os mortos e Lhe deu a
glória, podeis esperar e confiar em Elohim.

1:22 - ܟ݁ܲܕ݂ ܢܹܗܘܝܵܢ ܩܲܕ݁ܝܼܫܵܢ ܢܲܦ݂ܫܵܬ݂ܟ݂ܘܿܢ ܒ݁ܡܸܫܬ݁ܲܡܥܵܢܘܿܬ݂ܹܗ ܕ݁ܲܫܪܵܪܵܐ ܘܢܹܗܘܝܵܢ ܡܲܠܝܵܢ ܚܘܿܒ݁ܵܐ ܕ݁ܠܵܐ ܡܲܣܲܒ݂ ܒ݁ܲܐܦܹ݁ܐ ܕ݁ܡܸܢ ܠܸܒ݁ܵܐ ܕ݁ܲܟ݂ܝܵܐ ܘܲܓ݂ܡܝܼܪܵܐ ܬܹ݁ܗܘܘܿܢ ܡܲܚܒ݂ܝܼܢ ܚܲܕ݂ ܠܚܲܕ݂ ܀
22. Assim, que as vossas almas se tornem k’doshim através da obediência à verdade,
e que se tornem cheias não de um amor hipócrita25, mas de um coração puro e
perfeito26, amando-vos uns aos outros,

1:23 - ܐܲܝܟ݂ ܐ݈ܢܵܫܵܐ ܕ݁ܡܸܢ ܕ݁ܪܝܼܫ ܐܸܬ݂ܝܼܠܸܕ݁ܬ݁ܘܿܢ ܠܵܐ ܡܸܢ ܙܲܪܥܵܐ ܕ݁ܒ݂ܵܠܹܐ ܐܸܠܵܐ ܡܸܢ ܐܲܝܢܵܐ ܕ݁ܠܵܐ ܒ݁ܵܠܹܐ ܒ݁ܡܸܠܬ݂ܵܐ ܚܲܝܬ݂ܵܐ ܕ݁ܲܐܠܵܗܵܐ ܕ݁ܩܲܝܵܡܵܐ ܠܥܵܠܲܡ ܀
23. como primícias27 geradas, não por semente perecivel, mas pela semente eterna28
da Palavra Viva, que é o Elohim Eterno.

1:24 - ܡܸܛܼܠ ܕ݁ܟ݂ܼܠ ܒ݁ܣܲܪ ܥܡܝܼܪܵܐ ܘܟ݂ܼܠܵܗ ܝܵܐܝܘܿܬ݂ܹܗ ܐܲܝܟ݂ ܥܘܿܦ݂ܝܵܐ ܕ݁ܚܲܩܠܵܐ ܝܵܒ݂ܸܫ ܥܡܝܼܪܵܐ ܘܚܵܡܹܐ ܥܘܿܦ݂ܝܵܐ ܀
24. Porque toda carne é como a grama, e toda sua beleza é como a flor do campo. A
grama seca, e a flor murcha.

1:25 - ܘܡܸܠܬ݂ܹܗ ܕ݁ܲܐܠܵܗܲܢ ܩܲܝܵܡܵܐ ܠܥܵܠܡܝܼܢ ܘܗܵܕ݂ܹܐ ܗ݈ܝ ܡܸܠܬ݂ܵܐ ܗܵܝ ܕܸ݁ܐܣܬ݁ܲܒ݁ܲܪܬ݁ܘܿܢ ܀
25. Mas a Palavra do nosso Elohim é Eterna. E essa é a Palavra que vos é anunciada.

1 Expressão idiomática do aramaico (“d’azryin”), que diz literalmente “semeados”
2 O termo “Galutyah” significa literalmente, no aramaico, “dispersão de Yah” ouainda “revelação de Yah”
3 Ou “reajuntados.” Aramaico: “d’etguebiuw”
4 Ou “como princípio.” Aramaico: “d’rish”
5 Ou “indestrutível”, ou ainda “inalterável.” Aramaico: “met’chabla”
6 Expressão idiomática do aramaico (“la chamyah”), que diz literalmente “que nãoseca” – numa alusão ao estado de uma planta.
7 Nesse ponto, o texto grego aparece no singular. O aramaico, no plural, enfatiza avida que cada um de nós viverá na ressurreição. Assim sendo, o autor desta traduçãooptou por deixar o termo no plural, apesar da menor beleza literária de tal construçãono português.
8 Ou “no mundo vindouro.” Aramaico: “l’alam”
9 Expressão idiomática do aramaico (“b’hana zabna”), que diz literalmente “nestetempo”, contrastando com “l’zabne achrayeh” (para os últimos tempos) no passuk(versículo) anterior.
10 Ou “desanimados.” Aramaico: “met’tikiyn” – Seja qual for a opção, o texto dáuma idéia de abatimento face às dificuldades.
11 Expressão idiomática do aramaico (“netch’ze d’amyatar men d’ah’bah”), que dizliteralmente “vista como ganho de sobre o ouro”)

12 Ou “através da revelação.” Aramaico: “b’guilyana” – Há duas formas de
interpretar esse texto: ou refere-se ao tempo final como momento de colher o
resultado da prova, ou refere-se à revelação do Mashiach como veículo para provar a
fé. O grego, assim como o autor desta tradução, entendeu da primeira forma. Outros
aramaicistas, contudo, optaram pela segunda forma de leitura.
13 Expressão idiomática do aramaico (“la met’malah”), que diz literalmente “que não
se fala”
14 Existe um possivel jogo de palavras aqui entre a expressão “que examinaram”
(aramaico: “d’akebu”) e a expressão “d’ya’akub”, que seria “de/para Ya’akov.”
15 Ou “para si próprios.” O aramaico “l’napshuwn” pode ser encarado como forma
reflexiva.
16 Expressão idiomática do aramaico (“b’yad ayleyn”). que diz literalmente “pela
nossa mão” – a opção pelo termo “através de nós” se deu apenas para que a frase não
ficasse excessivamente confusa no português.
17 Expressão idiomática do aramaico (“chezuwku hasseh d’taryat’kuwn”), que diz
literalmente “cingi os lombos de vossas mentes”, o que significa ter firmeza de
pensamento, ie. não duvidar ou vacilar na fé.
18 Ou “na revelação.” Aramaico: “b’guilyana”
19 Expressão idiomática do aramaico (“massab ba’peh”), que diz literalmente
“hipocrisia na face.”
20 O grego teve dificuldade de entender essa porção do texto, e torna-se bastante
obscuro neste trecho. Contudo, o texto aramaico é basante claro. Shimon Kefa segue
o raciocínio da Torá: se ele fala aos que estão dispersos e peregrinando em terra
estrangeira, o fim do tempo de peregrinação está condicionado, conforme testemunha
a própria Torá, ao retorno a uma vida de kedushá.
21 Há um jogo de palavras de Shimon Kefa, evidenciado na expressão “bad’kayuwn
s’rikeh hanuwn d’kabeltuwn”, que diz literalmente “das obras vãs que recebestes” (o
uso de “kabeltuwn” aqui é gramaticalmente incomum) - trata-se de uma critica direta
ao preceito judaico de “im kabelá nekabel” (mesma raiz usada aqui para o “receber”),
que diz que aquilo que era feito pelos nossos antepassados deve ser recebido como
peso de mitsvá (mandamento.) Esse jogo de palavras se perde por completo na
tradução grega.
22 Ou “sem sinal e sem mancha.” Aramaico: “d’mulma utulsha layt”
23 A expressão “d’alma” também pode ser traduzida como “deste século” ou “do
universo.”
24 Expressão idiomática do aramaico (“d’b’yedeh hameytuwn b’Alaha”), que diz
literalmente “para pela Sua mão confiar em Elohim”
25 Vide nota sobre o 1:17.
26 Ou “maduro.” Aramaico: “g’mira”
27 Vide nota sobre o 1:3
28 Os termos aqui traduzidos como “perecível” e “eterno”, referindo-se à semente, são
a expressões idiomáticas do aramaico (“d’bale” e “d’la bale”), que significam,
respectivamente, “que envelhece” e “que não envelhece.”

14 comentários:

Pilipos disse...

Shlama Akhi
Por que, nesta carta, Pedro refere-se a si mesmo como ܦܸ݁ܛܪܘܿܣ (Petrus)? Esta parece ser uma forma latina ou grega para Kefa (pedra, rocha). Nos outros livros da Peshitta ele é chamado pelo nome aramaico (Shimon) Kefa mesmo. Será que quem escreveu esta carta é outro Pedro e não o apóstolo?

Nyudraá disse...

Shlama
fui conferir aqui, tipo nos outros textos em portugues onde temos 'Pedro' (ex: Mateus 14:28, Atos 9:40 etc) ou o apostolo é chamado de Shimun ou kefa, agora, essa sua pergunta me pegou...rss
vou ter que pesquisar pra ver se esse livro 1Pedro é o Pedro (Kefa) apostolo ou outro discipulo.

Shlam d'Maran
Nyu

Paula disse...

Boa tarde !!! Gostaria imensamente de ter a tradução de dois nomes em Portugues para o Aramaico : João Paulo e Paula...posso contar com a ajuda de vcs ???? Obrigada

Paula disse...

Ah ! meu e-mail é : paulinhaferreira1@hotmail.com

Roberto Rodrigues disse...

Gostaria de saber como pode um nome próprio ser traduzido para outro idioma mudando o seu nome original.Isto é realmente possível?
Eu sei que o significado pode, mais o nome tenho certeza que não.
YESHUA por exemplo pode realmente ser traduzido para a palavra jesus,a letra ( J )de jesus substitui qual letra do nome YESHUA.

Dri disse...

Oi!Gostaria de saber como se escreve o nome Yahweh Yireh e o nome Yahweh Nicciy em aramaico?
Aguardo.
Bjss

Nyudraá disse...

Shlama,
Roberto sobre a sua pergunta, Jesus não é uma tradução, e sim, uma Transcrição, ou seja, foi pego o valor fonetico das letras e passou elas pra outro idioma, no caso Yeshua (do hebraico) > Iesous (do grego) > Jesu (do Latim) e Jesus (do portugues).
bom vc deve estar se perguntando pq Iesous em grego? simples, na lingua grega nao existe o valor sonoro da letra SHIN, e nomes que terminam com A no grego é feminino, entao os escribas para solucionar esse incoveniente optaram por IeSoUS. (Iêssus).


Shlama,
Dri, solicite pelo email nyodra@gmail.com, dependendo do caso eu traduzo.

Shlam lakh - paz sobre ti!

Nyu

Anônimo disse...

que tipo de aramaico foi escrito no texto acima ?

Nyudraá disse...

o tipo é o Aramaico Estranguelo.
no dialeto de Urhay.

fernando disse...

ola!!!!!!!
gostaria de saber a tradução de:
JESUS CRISTO
REI DOS REIS
SENHOR DOS SENHORES
obrigado!!!!!

Nyudraá disse...

Shlama, Fernando solicite no email
nyodra@gmail.com


att
Nyu

fernando disse...

meu e-mail é gri-lu@hotmail.com...
JESUS CRISTO
REI DOS REIS
SENHOR DOS SENHORES

Renata disse...

OLA
GOSTARIA MUITO DE SABER COMO SERIA ESCRITO "FAMILIA CURY" EM ARAMAICO. SE PUDER ME AJUDAR AGRADECO DESDE JA!

OBRIGADA RENATA

Nyudraá disse...

Shlama (oi) Renata,
solicite no email,
nyodra@gmail.com