sexta-feira, 11 de abril de 2008

o Nome Sirio

O NOME: "SÍRIO" Suryaya/Suryoyo



Este nome foi derivado de Cyrus o rei da Pérsia (559-529 aec), que conquistou a Babilônia (539 aC) e libertou os judeus, permitindo-lhes a regressar à Judéia. Seu nome é mencionado pelo profeta Isaías, em conexão com o Messias. O nome "sírio" é equivalente ao termo "Messianico", que foi aplicado aos discípulos em Antioquia, pela primeira vez, porque acreditava que os judeus convertidos a Cyrus, o seu libertador do cativeiro, em 538 aec, ao Messias, o libertador dos cativos da humanidade. Então eles utilizaram para repetir o nome do Messias conectado com o seu nome de orgulho e honra, como fizeram os seus antepassados após seu retorno à Judeia. Quando esta notícia chegou ao gentios de Antioquia, que chamou-os de "sírios" ou "meshichani*". A partir desse momento em diante o nome "sírio" prevaleceu primeiro entre os crentes da Síria e depois entre os crentes/fiéis da Mesopotâmia, Pérsia, Índia e do Extremo Oriente, através dos trabalhos dos Apóstolos sírios e pregadores. Esse nome foi usado na Síria para distinguir entre os crentes/fiéis* Arameus e os Arameus que ainda não eram convertidos. Daí, a palavra "Arameu" se tornou sinônimo para a palavra "pagão", e a palavra "sírio" sinônimo de "crente/fiél no Messias*". De igual modo, o idioma aramaico foi chamado Siríaco. Até os dias atuais os cristãos que falam Siríaco, são chamados neste sentido, "Suroye" ou "Suraye" ou "Curyaye" Considerando que o nome "cristão*" prevaleceu entre os cristãos ocidentais.

Todos os sírios historiadores concorda que o nome da própria Síria é derivado da supramencionada 'Cyrus'. Então, quando os discípulos foram chamados de "sírios", estes ambos nomes foram combinadas em conjunto, desde a sua origem era o mesmo. Este nome foi relacionado com a Igreja de Antioquia desde o início. como é mencionado no epistola de Santo Inácio, o terceiro Patriarca de Antioquia. Anteriormente, de acordo com os romanos, o termo "Syrus" significava cada ser falante do Siríaco.


*em algumas traduçoes do grego eles usaram o termo 'cristão', mas nos originais em aramaico está 'meshichani/suryaya'.

2 comentários:

Luís Antônio - Cacerege disse...

<<*em algumas traduçoes do grego eles usaram o termo 'cristão', mas nos originais em aramaico está 'meshichani/suryaya'.>>
Pergunta: QUE ORIGINAIS ARAMAICOS ESTÃO: meshichani/suryaya? Até a Peshitta usa o termo grego ܟ݁ܪܣܛܝܢܐ (CHISTIONÊ e CHRISTIONO) nas 3 ocorrências da palavra: Atos 11:26; 26:28 e 1Pd. 4:16.

Rodrigo Altafinn disse...

Shlama Luis, este artigo foi uma tradução que fiz na época. voce usar Até a Peshitta...tsc, ela não é base de texto 100% fiel, devido ela ser cópias de originais, que depois passaram por concilios catolicos para os textos se adequarem ao termo cristão...rs dificilmente um Sirio/Arameu cristão iria ou se refere (quando se professa a fé cristã) como Cristiana, e sim Mishiaya/Mishihoyo. já que o termo cristão na época já era conhecido como algo pejorativo... enfim procure nas literaturas de textos dos antigos mar/mor das igrejas do orienta e verá ;)

shlama lukh